Matérias-primas: abrimos o jogo sobre a escolha dos nossos ingrediente | Simple Organic Pular conteudo

Matérias-primas: abrimos o jogo sobre a escolha dos nossos ingredientes

Você já parou pra pensar em como funciona o nosso processo de desenvolvimento dos produtos? Como elaboramos as nossas fórmulas limpas, sustentáveis, naturais e com matéria-prima orgânica? No post de hoje, nos juntamos ao nosso time de Pesquisa & Desenvolvimento para responder algumas perguntas sobre o processo de escolha das nossas matérias-primas

Como funciona o processo de escolha de matérias-primas? 

Um dos primeiros passos na hora de elaborar um novo produto, é encontrar matérias-primas que viabilizem nossos projetos. Mas calma, não é tão simples! O processo de seleção dos ingredientes é super criterioso, pois nós apenas trabalhamos com alternativas sustentáveis de alto padrão que não agridam o meio ambiente, nem a saúde do consumidor.

Descubra como funciona o nosso processo de seleção das matérias-primas para o desenvolvimento das fórmulas limpas de alta performance.

Simple Organic: pioneira no movimento de Clean Beauty

A necessidade e preocupação de garantir que o DNA sustentável da Simple estivesse presente em todos os nossos produtos, fez com que nos tornássemos a primeira marca de Clean Beauty a trazer toda a equipe de Pesquisa & Desenvolvimento de Produtos (P&D) para dentro da empresa desde a sua fundação, lá em 2017. 

Nosso time de P&D é super criterioso na escolha dos ingredientes que vão formular nossos produtos. Antes de serem aprovadas, as matérias-primas devem ser qualificadas pela nossa equipe seguindo os critérios que fazem parte da política da Simple.

As matérias-primas da Simple

Hoje, nós contamos com um vasto panorama de fornecedores qualificados e alinhados ao DNA sustentável da Simple, o que garante uma variedade de insumos certificados para o desenvolvimento de fórmulas de alta performance.

Para serem qualificados, além de apresentar uma série de documentos regulatórios, os ingredientes devem estar alinhados aos princípios da Simple através de algumas ações, como:

1. Apresentar certificações e selos

Como o Brasil ainda não possui uma legislação que regulamente cosméticos naturais e orgânicos, fica sob responsabilidade das marcas de beleza natural estabelecer padrões e definições que atestem que o produto que está sendo desenvolvido e comercializado é, de fato, um produto natural. No entanto, existem organizações que facilitam esse processo e estabelecem conceitos, regras e padrões, emitindo certificações e/ou selos para produtos que atendam às suas exigências, e certifiquem os produtos como veganos, cruelty-free, que sejam produzidos respeitando o desenvolvimento sustentável, dentre outros.

2. Possuir transparência em todos os processos

O mapeamento de todos os processos de seleção, produção e extração da matéria-prima possibilita a organização e garante uma constante melhora da qualidade. Além disso, permite uma relação de maior transparência da nossa cadeia com o consumidor. 

3. Administrar e diminuir a geração de resíduos

O aumento na produção de lixo é um problema muito sério que se agrava cada vez mais e causa diversos prejuízos ao meio ambiente. Por isso, é importante investir em atitudes que diminuam o impacto dos resíduos na natureza, como estratégias de reciclagem e descarte. Além disso, deve-se investir em processos que minimizem a produção de resíduos. 

4. Promover a economia de água

A água potável é um recurso limitado e deve ser usado com sabedoria, uma vez que é indispensável para existência de vida no planeta. Por isso, valorizamos matérias-primas que não desperdicem este recurso. 

5. Promover a redução da emissão de carbono

A emissão dos Gases do Efeito Estufa (GEEs), como carbono e metano, se dá através da cadeia de produção industrial, do consumo de energia elétrica e também pela queima do combustível de meios de transporte. O aumento da emissão desses gases causam os mais variados prejuízos ao planeta, como a perda da biodiversidade florestal e marinha. Por isso, é muito importante que a etapa de escolha de matérias-primas seja sustentável, e tenha sua  emissão dos GEEs reduzida ou neutralizada na atmosfera.

6. Estar envolvido com programas e organizações ambientais e sociais

Existem muitos programas e organizações ambientais e sociais que realizam diversas ações nesses dois âmbitos e trabalham para um futuro mais justo. Aqui na Simple, somos ligados ao Instituto Beraca, que faz a extração das nossas matérias-primas através de comunidades da Amazônia pelo manejo sustentável. Contribuir com esses programas é uma forma de impactar diretamente no meio ambiente e na sociedade.

Conclusão

Ser uma marca de beleza Clean Beauty e de alta performance é super desafiador, e é por isso que estamos sempre em busca de novos ativos e alternativas naturais para os tradicionais ingredientes sintéticos utilizados na indústria.

E aí, você imaginava que nosso processo de escolha de fornecedores era feito dessa forma? Gosta de conteúdos assim? O que mais você gostaria de saber sobre a nossa cadeia produtiva? Conta pra gente nos comentários!

Deixe um comentário

CATEGORIAS