⚡ TUDO COM ATÉ 60% OFF PRA GARANTIR OS PRESENTES DE NATAL⚡

Autocuidado não é (só) skincare

Praticar o autocuidado não inclui somente uma relação boa com o espelho, mas com a nossa saúde física, mental, emocional e social. Por isso o Chá ...
Autocuidado não é (só) skincare

Praticar o autocuidado não inclui somente uma relação boa com o espelho, mas com a nossa saúde física, mental, emocional e social.

Por isso o Chá de Autoestima se uniu a Simple Organic para ajudar vocês nesse processo delicioso de se perceber de verdade e cuidar de você por inteiro. Vamos te ajudar a ritualizar momentos de autocuidado, transformando em momentos de acolhimento e autoconhecimento.

Ao longo da nossa vida, praticamos alguns comportamentos que nem conectamos com a falta de autocuidado. Afinal, o que significa cuidar de algo? No dicionário: Zelar, vigiar, atentar, trabalhar. Com isso podemos entender que o oposto do autocuidado seria maltratar. Tem outro peso pensar dessa forma, não é? Ou seja, quando não cuidamos de nós mesmos, estamos nos maltratando, nos negligenciando, nos desprezando. 

Muitos desses comportamentos de maltrato estão tão enraizados na nossa rotina que nem percebemos.

Toda vez que você escolhe ficar sobrecarregada ao invés de pedir ajuda você se maltrata. Toda vez que você não impõe limites, permite que pessoas invadam seu espaço, diz sim, mesmo querendo dizer não, você se maltrata. Toda vez que você se olha no espelho, fala palavras duras para você mesma, se olha com desprezo, você se maltrata. Toda vez que você não percebe a importância de organizar sua rotina de sono, continua com o celular no rosto até apagar de cansaço, você se maltrata. 

Michel Foucault, um dos pensadores mais influentes do século XX, produziu um dos estudos mais interessantes sobre autocuidado. Ele dizia que cuidar de si mesmo era a real liberdade, era perceber a importância do corpo-mente-espírito.

O que podemos entender com isso? Que se amar, se aceitar e se entender não tem a ver com se acomodar ou fechar os olhos para as escolhas ruins que podemos fazer para nós mesmos. 

Já parou para pensar que muitas vezes a necessidade de agradar, de aprovação e de reconhecimento, por exemplo, também é conectada com a falta de autocuidado?

São formas invisíveis de terceirizarmos a responsabilidade da nossa vida, nossas ações e comportamentos para outras pessoas. É esperar que os outros cuidem de nós, se comportem de uma forma que será sempre positiva e agradável pra gente, que o mundo entenda sempre nossas fragilidades, necessidades e dores.

Muitas vezes, até os processos de cuidados com a pele fazemos como um fardo, uma obrigação. E não percebemos que na verdade, são momentos para nos comunicarmos com o nosso corpo, para nos percebermos de forma mais profunda, criar uma conexão com presença.

Quando entendemos o que é o autocuidado, percebemos que ele é uma ferramenta poderosa para trabalhar a nossa autoestima e autoconhecimento. Entendemos que a nossa relação com nós mesmos é como qualquer outra relação. Precisa de carinho, escuta, cuidado, companheirismo, amor e a vontade de fazer dar certo mesmo nos momentos mais difíceis

 

Que tal fazer desse momento um ritual? 

  • Faça um Chá de Autoestima quentinho! O nosso blend é uma mistura de flores e especiarias pensado para ser uma ferramenta de conexão com você mesmo. 
  • Encontre um lugar que você se sinta confortável e a vontade. Faça sua rotina de skincare, com seu chá e coloque uma música relaxante! 
  • Uma massagem facial pode te ajudar a relaxar e se conectar mais com você mesmo
  • Agora se conecte com a sua intuição (aquela voz suave e acolhedora que sentimos dentro da gente) e faça mentalizações positivas para sua semana, mês, ano… para a sua vida!

Deixe um comentário

Os comentários devem ser aprovados antes de serem publicados

Pesquise no nosso site

Carrinho

Seu carrinho está vazio no momento.