Tudo sobre o extrusado de milho das nossas embalagens | Simple Organic Pular conteudo
CATEGORIAS





Tudo sobre o extrusado de milho das nossas embalagens

Já fez uma compra na Simple pelo correio, e se decepcionou ao abrir a embalagem e se deparar com um monte de isopor embalando seu produto? E se a gente te contar que, na verdade, o material que você encontrou é biodegradável e nada prejudicial ao meio ambiente? Isso mesmo! O tal salgadinho, nada mais é que extrusado de milho, e a gente veio te explicar mais um pouquinho sobre ele.

O que é extrusado de milho? 

O extrusado de milho é uma mistura de grão de milho, água e corante de grau alimentício, ou seja, é natural e biodegradável. Ele pode ser reaproveitado novamente em embalagens de produtos ou descartado em qualquer local, uma vez que, com a ação da água, ele se dissolve sem gerar resíduos tóxicos.  

Ah, vale dizer que, além de atender como embalagem protetora de produtos, o extrusado ainda pode ter uma segunda utilidade: por ser exclusivamente de milho, ele também funciona como complemento de ração animal.  

Como descartar o extrusado de milho

O descarte pode seguir vários caminhos, todos eles seguros e naturais:

  • Juntamente com o lixo orgânico, pois o extrusado é orgânico e se decompõe rapidamente na presença de água ou da própria umidade do terreno;
  • Utilizado como aditivo de adubo para plantas, pois ao se dissolver, libera componentes naturais do milho. 

Qual o problema do isopor? 

O tempo de decomposição do isopor é considerado indeterminado, o que significa que o material leva centenas de anos para se decompor na natureza, interferindo no meio ambiente. O isopor descartado de forma inadequada se quebra, dando origem a microplásticos que retornam para o solo e para os oceanos, prejudicando a biodiversidade marinha. 

Economia circular

Os microplásticos gerados pelo isopor e outros resíduos tóxicos são ingeridos pelos peixes. Ao consumir peixes, nós consequentemente ingerimos estas partículas causados por nós mesmos, que podem levar a quadros graves de infertilidade, doenças pulmonares e até mesmo câncer. 

O mesmo quadro ocorre numa alimentação vegana ou mesmo numa dieta à base de carne vermelha, visto que as partículas tóxicas liberadas pelo isopor também vão parar no solo, que é onde o boi se alimenta, e onde são plantados os legumes e hortaliças. 

O que posso fazer?

Substitua itens descartáveis por materiais duráveis ou biodegradáveis, como é o caso do extrusado de milho, que se decompõe sem trazer prejuízos à natureza e para a sua saúde.

Simple Organic: pós consumo sustentável

Além do extrusado de milho, nós também possuímos sistema de logística reversa para reciclagem das nossas embalagens. Ou seja, você compra seu skincare, usa ele até o finalzinho, e depois retorna sua embalagem vazia a uma de nossas lojas que nós nos encarregamos de fazer o descarte e reciclagem de forma correta.

Caso não tenha loja da Simple na sua cidade, basta levar a embalagem vazia ao ponto de coleta mais próxima, tirar uma foto e enviar para o nosso email oi@simpleorganic.com.br, que você ganha 10%OFF na próxima compra!

Além disso, também possuímos sistema de neutralização de carbono de toda a nossa logística da cadeia de produção, buscando sempre ser uma marca de impacto positivo, levando uma beleza limpa e sustentável até você.

Observação: apesar do extrusado de milho ser natural, biodegradável e não causar danos à saúde, ele não é comestível.

Fonte: Ágata Market

Ficou com alguma dúvida? Tem sugestões ou feedbacks? Conta pra gente nos comentários!

4 comentarios

Meu cachorro adora, se deixar ele come uma caixa inteira.

Thais

Tlgd que isso não é salgadinho, mas eu comi mesmo assim

Borel

Como é feira a logística reversa? Eu envio minhas embalagens pelo correio com um número de envio que vcs me passam? Aqui na minha cidade e região ainda não temos lojas da Simple Organic

Adriana Coelho

quer dizer que dá pra comer? achei com tanta cara de salgadinho que uma vez até tentei provar rs mas achei que não tinha gosto de nada e que eu devia tá muito doida hauhe

ISABELLA

Deixe um comentário